segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Viver em comunidade...

Quem me conhece sabe que eu sou muito boazinha.............. até pisarem nos meus calos!

No dia-a-dia procuro ser paciente, gentil, sorrir para as pessoas. Não sou fã de fofocas, não gosto de hipocrisia. Também não gosto de viver dentro da casa de vizinhos. Pra mim, vizinho não tem que ser o melhor amigo, mas também não é pra ser inimigo. Acho que quem vive em comunidade tem que ter o mínimo de noção de que existe o outro, que tem seus direitos, seu espaço, suas necessidades e sua privacidade. E eu faço tudo pra sempre respeitar isso.

Mas hoje de manhã aconteceu uma coisa que me chateou muito. Eu estava saindo pra deixar a Julia na escola e um vizinho ía saindo no carro na minha frente. Pra sair do condomínio só tem 01 caminho. Ele ía na minha frente e de repente parou. Eu parei atrás. Ele não andava. Aí dei um toque de leve na buzina. Mas foi de leve mesmo até porque detesto buzina (a minha às vezes nem funciona e eu nem mando ajeitar). Ele não se mexeu. Esperei um pouco e buzinei de novo. Eu sei que ele não se mexia e eu comecei a buzinar com mais vontade. Ele nada! Aí saí do carro. Eu ía até ele, ía dar um bom dia e perguntar se precisava de ajuda. Juro que ainda ía tentar ser gentil, pra não ficar chato. Mas quando comecei a caminhar na direção dele, ele andou com o carro. Entrei no meu carro de novo e quando fomos chegando ao portão (que já estava aberto) ele parou de novo. Ficou falando com o porteiro. E eu atrás, buzinando. Dá pra crer que a criatura ainda parou pra falar com o porteiro???????????

Aí ele abriu a porta do carro e se virou como quem vai descer. Gente, meu sangue ferveu! Eu abri a porta também e disse (aí o tom de voz já estava áspero): "você pode tirar o carro da frente para eu passar?" Ele virou pra mim com cara de b.......... e disse: "meu carro está com problemas". Eu só disse assim pra ele: "então avisa, vc não está me vendo buzinar?"

Mas sinceramente, não acho que o carro estivesse com problemas, não ouvi barulho de carro sendo re-ligado. E outra, porque não liga o pisca-alerta? Já seria um indício. Na verdade acho que ele deveria ter descido e dito: "me desculpe, meu carro está com problema" mas esperar isso já seria demais, né? Até porque sinceramente acho que o carro não estava com problemas. Ele saiu do condomínio numa boa, só me irritando, no meio da rua pra eu não passar....... affffffffffffão, viu?

O pior mesmo de tudo isso é que se foi mentira não preciso nem comentar, né? Total falta de noção de convivência em comunidade. Se foi verdade, faltou delicadeza na convivência. Você está vendo uma pessoa querendo passar e você está no meio atrapalhando, mesmo sem intenção, custa dar uma satisfação???? É a questão de se considerar a existência do outro. Assim entendo eu..........
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: