quarta-feira, 6 de abril de 2011

Adeus à chupeta! (2)

Estou muito, mas muito feliz mesmo com a retirada da chupeta da Julia. Eu já contei aqui como ela resolveu jogar a chupeta no lixo. Claro que eu fiquei surpresa com a decisão dela até porque ela era super "viciada" na chupeta, mas estupefada mesmo eu fiquei com a determinação dela!

Vou explicar: ela jogou a chupeta pra valer! E se orgulha disso! A semana passada foi bem difícil, nos primeiros dias ela acordava durante a noite e pedia a chupeta e aí era um caos pra acalmar. Ficávamos Claudio e eu abraçados com ela, fazendo carinho e  cantando baixinho. E sempre eu fazia questão de lembrá-la que a decisão tinha sido dela e que ela já era um moça e portanto não precisava mais de chupeta. Acho que essa minha atitude foi positiva porque também ensina a ela que as decisões tem consequências e que ela tem que arcar com elas. Mesmo ela sendo praticamente um bebê, já vai se acostumando a refletir sobre o que faz. 

Nós tivemos que dispor de uma dose extra de paciência na semana passada, mas pra falar a verdade, eu estava até me achando no lucro pois enquanto estava acordada, mesmo que estivesse com sono, ela não pedia a chupeta. O problema foi que o sono ficou agitado demais e ela quando acordava à noite pedia e como não tinha mais chupeta, chorava por uns 15 minutos até se acalmar..... confesso que se eu não tivesse jogado as outras chupetas no lixo, eu teria cedido......

Mas tudo isso foi na primeira semana, principalmente nos 3 primeiros dias. Agora já passou. Ela não pede mais de jeito nenhum, o sono já voltou a normal e mesmo que ela acorde de madrugada (já aconteceu) ela não pede mais a chupeta!

O "efeito colateral" da retirada da chupeta foi uma "verborragia" na Julia. Ela virou uma matraca, parece até que a chupeta era uma rolha fechando a boca. E a gente está curtindo demais esse falatório todo e eu aproveito pra saber bastante sobre o dia-a-dia dela na escola, sobre os amiguinhos...

Nela ficou o orgulho de ter conseguido. Ela conta pra todo mundo que jogou a chupeta  no lixo porque é moça e faz isso com um sorriso no rosto.  Estou muito orgulhosa dela. Se eu tive algum mérito, foi somente o de jogar as outras chupetas no lixo na hora certa pra não cair em tentação. Nessa história toda, o mérito foi dela!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: