sábado, 9 de abril de 2011

Parti pra ignorância............

Ontem Julia voltou da escola fazendo birra. Ela não queria vir embora e ficou emburrada e ainda me chamou de boba. Como punição por essa atitude, disse a ela que não passaria na padaria com ela (toda noite ela passa na padaria pra comprar pão). Isso foi o bastante para uma birra como poucas!

Nós entramos no carro e ela começou a gritar que queria ir para a padaria. Mais uma vez eu expliquei o porque não iria, mas a birra continuava. E foi assim do caminho da escola até em casa (são 20 minutos de carro). O que eu podia fazer? Estávamos só nós duas no carro e ela não me ouvia. Então parti pra ignorância.............. ignorei mesmo a birra, fiz de conta que não era comigo, que eu não estava ouvindo nada. Até em casa. Respirei fundo mil vezes, mas fiquei calada!



Quando chegamos em casa, tirei ela do carro, dei um beijo, ofereci água e ela foi se acalmando.  Ela  pediu leite, eu preparei e depois que ela tomou o leite no meu colo se acalmou, então eu fui conversar sobre o acontecido com muita calma. Ela parou pra escutar, não chorou mais e nem contestou e nós fizemos as pazes!

Encarar birra é dureza! E tem momentos em que a paciência vai pro espaço. Com a Julia já percebi que não adianta muito tentar abraçá-la no momento da birra, ela tem que extravasar a raiva e a frustração e o melhor a fazer é ignorar. Depois que ela se acalma aí dá pra conversar e explicar tudo. Claro que dependendo do local, não dá pra deixar ela extravasar o que quiser. Mas aí é pegar no colo e ir embora. É...... vida de mãe não é mole não!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

Dayse disse...

Com Gael funciona do mesmo jeito. Como ele adora ser o centro das atençoes, sempre q o ignoro por algum motivo (geralmente qdo chora sem motivo ou qdo quer fazer besteira, tipo subir em cima da mesa), ele logo vem atras de mim pedindo "câlin" (carinho)....e sempre termina com muitos beijos e abraços... as vezes, pedidos de desculpas dele, qdo ele passa dos limites, rsrsrs

Syl disse...

ai Dayse, mas a parte mais gostosa é justamente a dos beijos e abraços! Não tem nada melhor!