quarta-feira, 31 de agosto de 2011

"Foi só uma formiguinha...."

Ontem levei Julia para a pediatra, fazia quase 01 ano que não levava (mas antes que acionem o conselho tutelar quero dizer que ela é super saudável, está se desenvolvendo super bem e tem um médico em casa!). Ela estava um pouco ansiosa pra consulta mas se comportou super bem, foi muito cooperativa na consulta, riu bastante, adorou se pesar e se medir, uma lady!

Mas, saímos de lá com uma guia para fazer um hemograma e aproveitei pra fazer logo já que no mesmo prédio tem um laboratório. Inclusive, antes da consulta dela, passamos lá porque eu tinha dois exames pra fazer. Na hora dos meus exames ela estava comigo e viu tudo. Perguntou se doeu e eu falei que não, que era só uma mordidinha de formiguinha mas que passava logo e fiquei conversando com ela normalmente (eu não minto pra ela: se dói eu falo que dói porque não quero perder a confiança dela).

Na hora que ela percebeu que nossa segunda visita ao laboratório era pra colher o exame dela, abriu o berreiro. Por mais que eu dissesse que era só uma formiguinha, que eu não tinha chorado, ela não queria de jeito nenhum, eu tive que segurar firme para que fosse possível fazer. Mas ela fez. Saiu de lá com o choro mais sentido do mundo mas fez.



No carro, ainda chorou dizendo que doeu, que "aquela tia fez isso no meu 'baço' e eu não gostei". Mas eu fui tratando de mudar de assunto e distraí-la. Quando encontramos com o Claudio (ele já sabia que ela tinha feito o exame) ele perguntou o que tinha sido aquilo no braço dela e ela respondeu: "foi só uma formiguinha, papai!". Linda demais, né?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ganhei o sorteio!!!!!!!

Lembram que falei aqui do sorteio do Overdose de Esmalte??? Pois é, falei do sorteio mas esqueci de falar do resultado: EU GANHEEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIII!!!!!

Não sou de me dar bem em sorteios, mas dessa vez eu me garanti!!!!!! O Overdose de Esmalte estava sorteando um kit com 4 esmaltes da Kiko Milano e se a ganhadora fosse também seguidora no twitter, levaria também uma super necessaire para esmaltes e afins e um esmalte Blue Poá da Sancion Angel. 

Acontece que a ganhadora do sorteio não era seguidora no twitter e só levou o kit de esmaltes e aí a Sarah fez outro sorteio, só para a necessaire e o blue poá e saiu o MEU nome!!!!!!!!!!! Ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!! Fiquei mega feliz porque eu estava doida por essa necessaire!!!!!!



Imagens retiradas de: overdosedeesmalte.com


Imagem retirada de: overdosedeesmalte.com


Já estou com tudo meu arrumado nela e ficou perfeito, tudo bem organizado. Fiquei impressionada com o tamanho dela: é enorme, cabe muita coisa! Quanto ao Blue Poá não é bem a minha praia, mas fui me esmaltar uma vez com ele só pra testar e quando a Julia viu achou lindo e quis também! Olhem o resultado:



Ultimamente eu ando com tanta sorte que já estou achando que posso até ganhar na Mega Sena. Só que pra isso preciso jogar, né?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

"É porque eu estava tímida..."

Julia tem umas tiradas muito engraçadas e com toda essa verborragia ela solta pérolas com muita frequência. Segunda-feira ela voltou da escola com toda a corda pra conversar, parecia que tinha tomado água de chocalho e nós não viemos direto pra casa, fomos resolver umas coisas e por último fomos ao banco para eu fazer um depósito no caixa eletrônico, então ela teve muito tempo pra conversar.

Quando ela estava me contando sobre o dia dela na escola, eu perguntei se ela tinha contado aos amiguinhos que tinha ido assistir o filme dos Smurfs e ela disse que não. Eu perguntei porque ela não havia contado e ela me saiu com essa: "é porque eu estava tímida." Eu posso com isso??????

Imagem retirada de: http://sandrraalves.bloguepessoal.com

No caminho, eu expliquei a ela onde iríamos, falei que eu precisava passar no banco e perguntei se ela me ajudaria lá (tática pra ver se ela fica quietinha). Mas ela não queria ir ao banco, queria ir comprar pão e disse que não me ajudaria. Até aí tudo bem, eu não dei muita bola e continuei no meu caminho. Ela me questionou porque eu precisava ir ao banco e eu expliquei que iria depositar um dinheiro na conta do papai para ele poder comprar comida, pagar a escola dela, colocar gasolina no carro pra passear e o assunto se encerrou aí. Passamos em dois locais primeiro, fizemos um lanche e finalmente fomos ao banco. 

Quando eu parei o carro no estacionamento, Julia virou pra mim e falou: "mamãe, você desce sozinha e eu fico aqui, tá? Porque eu não tenho dinheiro, não tenho conta pra pagar......."

Claro que eu dei uma risada das boas! Fico boba de ver como ela é esperta!!!! Sou coruja mesmo, assumidíssima e com razão, ne? Ah, e antes que me perguntem, ela não ficou sozinha no carro (óbvio), desceu comigo e me "ajudou" com o depósito.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Programão do fim de semana: Os Smurfs - o filme!

Claro que como todos que vivenciaram a infância na década de 80, eu não poderia deixar de ir ao cinema ver Os Smurfs! Amava o desenho, passei a vida inteira me lembrando com carinho da musiquinha irritante e nas férias chegava a acordar cedo pra assisti-los no "Xou da Xuxa". Quando vi que o filme iria estrear, pensei: Julia PRECISA ver (sim, eu também sofro desse saudosismo da geração dos anos 80 e quero enfiar goela abaixo que meus filhos conheçam Xuxa, Trem da Alegria e afins). 

Imagem retirada de: essaseoutras.com.br


Comecei então a falar dos Smurfs pra Julia e a lanchar McLanche Feliz para fazer a coleção dos bonequinhos azuis (que feio, me rendi à apelação do consumismo mesmo!) e ela começou a se encantar com as criaturinhas. Colocava a turma toda pra dormir com ela na cama, um dia levou todos para a escola.... uma festa!

Sábado passado, finalmente fomos ao cinema vê-los!!!!!! Fomos Claudio, Julia, Lu (meu irmão), Letícia (minha sobrinha) e eu. Julia estava na maior animação porque ía ao cinema e quando viu a prima ficou ainda mais feliz. Ela prestou atenção direitinho no filme e comentava as cenas (sorry, mas na primeira sessão do dia de filme com censura livre é de se esperar que haja crianças falando, quem não quiser ser incomodado com os pequenos comentaristas que vá às sessões depois de 21h). Quando a Julia via os Smurfs em apuros dizia: "e agora, como vamos salvá-los?" e quando via o Gargamel se dando mal dava risada. Na cena em que o Gargamel pega os Smufs e os coloca no saco, ela começou a chorar, desesperada pelos Smurfs........ uma fofa!!!!!!

Ela amou a Smurfete e assumiu essa identidade nas nossaa brincadeiras. Tanto que no domingo, indo para o almoço, ela no carro dizia para a avó que era a Smurfete. Quando chegamos ao restaurante e o maitre foi falar com ela e a chamou pelo nome, ela olhou bem séria pra ele e disse: "meu nome não é Julia, meu nome é Smurfete!"

Cinema é sempre bom e com certeza ver Os Smurfs na telona é um excelente programa em família! Crianças e adultos entram no reino da fantasia das criaturinhas azuis mais fofas do planeta. Recomendadíssimo!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Minhas novas unhas!


Desde que minha amiga Sarah criou o Overdose de Esmalte  e resolveu compartilhar com o mundo os conhecimentos dela sobre unhas, esmaltes e afins, minha relação com minhas unhas mudou. Passei a cuidar mais e a querer variar mais nas cores de esmaltes (essa última parte Claudio não está gostando) e passei a prestar mais atenção nas unhas dos outros.......rsrsrsrsrs......

O fato é que tomei uma decisão importante: não tirar mais cutículas! Tem mais de 1 mês que não tiro e concluo que foi a melhor coisa que já fiz. Claro que pra isso tenho que hidratar muito, estou tentando arrumar um tempinho pra sair da "beira-mato" onde moro e ir para a civilização comprar uma cerinha de hidratação, mas enquanto isso vou me virando com um hidratante de cutículas da Avon mesmo. Sei que estou muito satisfeita com o resultado e é uma alívio porque SEMPRE as manicures tiram um bifinho quando estão tirando minhas cutículas....... além disso, sem precisar tirar cutículas, eu mesma posso ficar trocando meus esmaltes e o bol$o agradece!



Mas eu tenho um sério problema com unhas quebradas. Elas quebram com muita facilidade e não é na pontinha, é no meio mesmo, não dá nem pra cortar e tudo engancha e dói, é um suplício! Mas a Sarah compartilhou a dica pra colar unhas e eu amei tanto que rebloguei, mas ainda não tinha usado. Tenho a impressão que depois que parei de tirar cutículas minhas unhas ficaram mais resistentes (faz todo sentido já que a cutícula é a proteção da unha, né?). Mas a unha do polegar quebrou e eu usei a dica: ficou perfeito!!!!

Agora posso dizer que tenho unhas novas: sem machucados, sem cortes, sem unha quebrada! Unhas decentes como toda mulher deve ter!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Pai

Julia é apaixonada pelo pai e o pai é apaixonado por ela. É uma relação muito bonita a dos dois. São cúmplices nas traquinagens e eu que sou a chata que acabo com as brincadeiras perigosas, eu que sou a chata que mando diminuirem a agitação pra dormir...........

Não tenho ciúmes dessa relação, porque sei muito bem que tenho o meu espaço e que ninguém toma. Ela olha pro pai e diz que ele mora no coração dela, comigo ela não diz (mas eu sei que eu moro também). O pai é o príncipe e ela é a princesa........ e eu sobro, quando muito sou a bruxa! Ou o lobo!


Outro dia, Claudio estava se arrumando pra trabalhar e, quando a Julia percebeu, correu pra porta para trancar dizendo: "papai, você não pode ir trabalhar." Ele se derrete todo, é assim que ela consegue as coisas com ele.......rsrsrsrsrsrs. Para completar, ela olhou pra mim e disse: "tchau, mamãe, vai trabalhar." Eu posso com isso? Caí na gargalhada! Até porque sei que nós duas somos muito cúmplices e que temos um amor incondicional uma pela outra.

Acho muito especial essa relação deles e procuro cultivá-la. Durante todo o ano em que Claudio passou fora, tudo que nós duas íamos fazer eu incluía a lembrança dele. Sempre colocava ela ao telefone com ele também e ela, apesar de tão pequena, não perdeu o referencial de pai. E hoje eu vejo os dois juntos e vejo a troca deliciosa que eles fazem: um aprende com o outro e um torna o outro melhor. Quero que ela tenha sempre essa relação mágica com ele, de cumplicidade, amizade, respeito, orgulho....... eu quero que ela tenha com o pai dela tudo o que eu não pude ter com o meu, que morreu tão cedo. 

Sinto muita falta, mas muita mesmo, de tudo que poderia ter sido se meu pai não tivesse morrido tão cedo. Esse é um assunto que não é bem resolvido pra mim. Durante anos, apesar de sabe que ele tinha morrido, esperava que ele voltasse. Muito louco, né? E muito sofrido também. Talvez por isso que eu invista tanto na relação da Julia com o pai, talvez por isso que eu o chame tanto pra participar mais e mais ativamente do dia a dia dela. Quero que, quando adulta, Julia possa dizer que passou momentos maravilhosos com o pai e tenha sempre lembranças mágicas desses momentos com o "príncipe" dela. Quanto ao meu pai, sei que um dia vou reencontrá-lo e que o abraço vai ser longo, para compensar tanto anos de saudades!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

1ª Festa do Pijama na Minha Casinha Feliz

É tempo de novidades na Minha Casinha Feliz!!!!! Julia está crescendo, virando uma mocinha e já está trazendo amigas pra casa. Esse fim de semana, a Sarinha, filha da minha querida amiga Marise, veio dormir aqui. Julia e Sara são amigas "desde o útero". Quando Marise ficou grávida da Sara, fizemos muita festa, foi uma gravidez super desejada e foi muito especial fazer parte desse momento de perto. Quando eu engravidei da Julia, Marise foi uma das pessoas que mais me deu apoio, conselhos, que dividiu experiências. A diferença entre as duas meninas é de 1 ano e 1 semana, então desde sempre elas brincam juntas e se adoram!

Na sexta-feira fui pegar a Sara em casa antes de pegar a Julia na escola. Ela estava ansiosa, perguntando o tempo todo que horas eu chegaria para pegá-la e a Julia também estava ansiosa pra ver a amiga aqui em casa. Depois que cheguei em casa com as duas a festa foi grande. Começaram brincando de casinha numa boa, mas aí Claudio resolveu participar da brincadeira e comecei a ouvir gritos agudos pela casa toda. As meninas corriam e gritavam na maior agitação porque Claudio foi brincar de monstro com elas. Os vizinhos deviam estar horrorizados com tanta confusão e barulho, mas aqui em casa era só alegria. Comemos uma pizza bem gostosa e as duas continuaram brincando e espalhando brinquedos pela casa (eu já não conseguia andar direito pela sala).

Mas, acho que o cansaço foi batendo na Julia e ela começou a ficar abusada. Na verdade acho que o cansaço potencializou o ciúme. Nunca imaginei que a Julia fosse ter ciúmes mas teve. Depois eu entendi que ela nunca tinha dividido o território dela dessa forma. É comum ter outras crianças aqui brincando com ela, mas sempre tem os pais das crianças também. Dessa vez não tinha e ela de fato teve que dividir a atenção do papai e da mamãe com a Sara, como se elas fossem irmãs e aí a Julia sentiu "a barra".

Resolvi então colocar as duas no banho pra acalmar os ânimos e diminuir a rotação e o banho foi uma festa! Elas se divertiram muito e fizeram mil poses pra fotos! Depois do banho, pijaminha, dentes escovados e............ cineminha na sala! Apaguei todas as luzes, coloquei um filme da Barbie e deitei com elas no sofá pra assistir. Julia capotou rapidinho (não disse que ela estava cansada?) mas Sara assistiu todinho. Quando o filme terminou, levei as duas pro quarto e elas dormiram a noite toda feito anjinhos, sem me chamarem nenhuma vez. Fiquei impressionada como a Sara está uma moça porque em nenhum momento chorou sentindo falta da mãe.

No dia seguinte, a brincadeira continuou mas a Julia ainda estava enciumada (nada que não desse pra contornar). Elas brincaram lá fora e, quando eu fui fazer minhas unhas, pintei as unhas delas também, como se elas estivessem num salão de beleza. Claudio ainda deu uma de cabeleleiro e fez "penteados lindos" nelas. Foi um barato a estadia da Sara aqui e tirei duas conclusões super importantes. A primeira é que, de fato, ter dois filhos não dobra o trabalho e a segunda é que devo incentivar com frequência a vinda de amigos e primos pra dormir aqui em casa para trabalhar mais com a Julia a questão de partilhar brinquedos e atenção, para ela não ficar achando que o mundo gira ao redor dela.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Volta às aulas! (2)

Ontem as aulas da Julia, como a de milhares de crianças, recomeçaram. Até aí nada demais se não fosse o fato de que ela nunca tinha ficado tanto tempo afastada da escola. Isso porque ela sempre participava da colônia de férias então, tanto no meio como no final do ano, ela só ficava 15 dias afastada da escola.

Dessa vez ela não foi pra colônia de férias, ficou comigo em casa. Na verdade, foram praticamente dois meses em casa porque como em junho eu estava de férias, ela só foi para a escola nos dias "essenciais" (por essenciais leia-se poucos dias para ensaiar pra festinha de São João, afinal ela só tem 3 anos, né?).

Então, depois de praticamente dois meses em casa, pensei que ela fosse dar trabalho pra ir para a escola. Mas, a "filha de cigano" não estranha nada! Quando fui acordá-la ela não quis levantar porque estava com sono, mas foi só eu falar que ela ía pra escola que ela acordou e falou que ía dar um beijo grande nas tias e nos amiguinhos.

Na hora de se vestir ela disse: "eu adoro essa camiseta porque é a camiseta da minha escola." E na hora de ir pra escola, pegou a mochila toda satisfeita e foi na frente. Chegou lá não hesitou nem um momento e só me deu um beijo de despedida porque a professora falou pra ela vir me dar.......... eu posso com isso????

Imagem retirada de: baraodasfestas.com.br

Passei o dia inteiro sentindo um vazio enorme, a casa estava silenciosa demais, não tinha ninguém para me interromper a toda hora no trabalho............ Mas fiquei orgulhosa da minha pequena, super independente, super segura, disposta a encarar a vida!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Encontro da turma - 11 anos de formatura!

Sábado foi um dia super especial: minha turma de faculdade se encontrou pra comemorar 11 anos de formatura. Tá certo, não foi a turma toda, mas foi muito legal e muitos dos que não puderam ir ficaram acompanhando de longe por fotos e postagens no Facebook.

Foi muito legal rever o pessoal, ver fotos antigas, relembrar momentos bons e ruins da faculdade...... a gente precisa fazer isso mais vezes! Quando fizemos 5 anos de formados, fizemos um churrasco mas poucos foram. Quando completamos 10 anos não fizemos nada.......... mas agora saiu um encontro com a promessa de fazermos outros com mais frequência.

Minha turma era um barato, era a turma mais que mais aprontava confusão na faculdade! Na disciplina de Escultura Dental, a data para entregarmos as esculturas de molares era bem no meio do congresso que estava havendo aqui e o pessoal que estava trabalhando no congresso não teria tempo de fazer e entregar então, como o professor foi inflexível em relação à data, ninguém entregou as esculturas. Quem já tinha feito jogou no chão pra quebrar e todo mundo ganhou nota zero! Mas valeu à pena!


Mais à frente, na disciplina de Cirurgia III fizemos greve em protesto aos critérios (ou falta deles?) na correção de provas. Na verdade tínhamos uma professora que fazia umas provas muito loucas. Uma vez ela até saiu da sala pra fumar enquanto a gente fazia prova, claro que rolou uma prova em equipe (a sala toda discutindo as questões), mas não adiantou muita coisa......... Então ela chegava pra dar aula e todo mundo permanecia do lado de fora da sala, até que a coordenação do curso tomou umas providências em relação aos critérios de avaliação.

No último semestre chamamos a polícia pra tirar um flanelinha que andava ameaçando os alunos que não dessem uns trocados pra ele e, na hora de fazer o reconhecimento do cara, a turma inteira saiu pra apontar quem era, pra ele não marcar ninguém e se vingar depois.

Ontem relembramos tudo isso e também conversamos sobre como está a vida. Engraçado como os assuntos mudam: antes as conversas eram sobre as baladas, quem ficou com quem, quem se ferrou nas provas e quem se deu bem....... Agora as conversas são sobre filhos, salário base, quem casou, quem descasou........

Claudio e Julia também participaram desse momento e os filhos e cônjuges dos meu colegas também. Eu acho bacana levá-los para que eles possam entender como foi importante essa época na minha vida. Julia não era nascida e eu nem conhecia o Claudio, mas quero que eles percebam que essa fase que foi muito decisiva pra tantas coisas, quero que conheçam pessoas que fizeram parte da minha história.

Para meus amigos deixo um recado: adorei revê-los! Estou só esperando uma nova oportunidade de nos encontrarmos e dessa vez vamos ver se conseguimos levar quem faltou! Foi muito bom matar um pouco a saudade de pessoas tão queridas que fizeram parte de uma etapa tão importante e tão marcante da minha vida!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...