quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Dia das Crianças????

O dia é supostamente das crianças mas deveria ser do consumo ou do comércio. É propaganda demais de brinquedo, é lançamento demais de brinquedo......... as crianças ficam enlouquecidas.

Julia fica de olho nas propagandas. Ontem à noite mesmo ela estava me pedindo as princesas, aquelas grandes que lançaram agora (porque pequenas já tinham lançado uns dois tipos pelo menos). Primeiro ela disse que queria a Aurora, depois ela disse que queria todas. Se eu fosse comprar todos os brinquedos que ela me pediu nos últimos dias, meu salário iria todinho exclusivamente pra isso (não sei nem se daria) e é porque a Julia não assiste muita tv.

Eu fico impressionada com a quantidade de acessórios de Barbie's e Polly's (e confesso que eu também tenho vontade de brincar com tudo) e a quantidade de bonecas semelhantes a elas. Se a gente pegar por exemplo o acessório piscina, tem da Barbie, da Polly, da Moranguinho.......... qual a necessidade de ter uma piscina de cada? De brinquedos de meninos (que eu não presto muita atenção) tem lava-jato e trenzinho de todo jeito. E os jogos? Tem o Detetive e o Clue (qual a diferença mesmo?) e suas variações como o Detetive 3D. Mas porque é mesmo que a gente precisa jogar de óculos pra se divertir? E o Monopoly tem tantas variações que não sei nem listar... Até o Pula-Pirata ganhou uma versão high-tech........... aguento isso não!!!!!

Fomos comprar no fim de semana passado os presentes dos sobrinhos. Na hora de escolher o da Letícia, parei na frente de uma prateleira que tinha uma variedade enorme de bonecas, todas da mesma linha, cada qual com uma "especialidade" diferente... no meu tempo as bonecas eram simplesmente bonecas. A mais "fantástica" que tive na idade pré-escolar foi uma Bate-Palminhas da Estrela (ô saudade da minha Bate-Palminhas)!

Imagem retirada de: retromotoca.wordpress.com
Hoje as crianças têm tanta variedade de brinquedos e também acesso tão fácil a eles que às vezes penso que não sentem o mesmo prazer que nós tínhamos ao ganhar brinquedos quando crianças. Lembro que uma vez ganhei no meu aniversário um jogo de pratinhos e xícaras da Hello Kitty. O plástico era até meio vagabundo, mas aquilo pra mim foi o máximo. Já maiorzinha, eu pedi à mamãe de Natal um jogo recém lançado: Sem Censura. Essa cena nunca saiu da minha cabeça: estávamos nas lojas Americanas, já na fila do caixa, quando eu criei coragem pra pedir. Eu já tinha visto na loja enquanto a mamãe escolhia alguns presentes. Fiquei tão feliz quando ela disse que compraria! Ela barganhou alguma coisa comigo na hora, nem lembro o que era, mas só de saber que eu iria ganhar o jogo de presente no Natal, compensava qualquer coisa!

Aqui em casa vou tentando frear o consumismo da Julia, é um trabalho árduo, mas pelo menos eu tento. Quando ela me pede o que vê na tv eu me faço de doida porque acho que não adianta argumentar muito com uma criança de 03 anos. Quando ela insiste muito eu digo que se eu tiver dinheiro a gente pode pensar em comprar. De dia das crianças, vamos dar um brinquedo que ela ganhou no aniversário mas que ainda não abriu (temos alguns ainda guardados). Ela vai adorar e nós também!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

- Futura mãmã ! disse...

Eu tinha muita bonequinha dessa rsrsrs

beijoo

Syl - Minha Casinha Feliz disse...

Eu tenho saudades de algumas das minhas bonecas! Adoro quando encontro alguma foto antiga, me traz boas lembraças e me dá uma sensação de paz!

Beijos