quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Curtas 2

Claudio e eu estávamos na cozinha, ocupados em consertar o gelágua. Eu tinha pedido à Julia que ficasse na sala porque poderia molhar o chão e ela escorregar. 

Depois de uns dois minutos que estávamos na cozinha, escutei uma voz muito tristinha dizendo: "coitadinha de mim". Aí voltei pra sala e encontrei a Julia deitada toda encolhida, deitada no sofá e perguntei porque ela era coitadinha. Na mesma hora ela disse: "porque não tem ninguém aqui comigo!"
 
*************************************************************************************

Julia estava mexendo na cestinha onde deixo pentes, escovas e spray para cabelo dela e encontrou um spray desses que a gente usa quando dá alguma pancada ou está com dor muscular. Eu tinha usado nela uma vez uns dias atrás e esqueci na cesta. Aí ela pegou e começou a dizer que o dedo dela estava doendo e queria usar o spray (ela adora porque é geladinho). Ela insistia com o Claudio e ele dizia pacientemente que não podia até que eu cansei, peguei o spray,  mirei no dedo dela e fiz de conta que apertei. Não saiu nada (eu não fiz força nenhuma) e eu falei que tinha acabado. Ela então pegou o spray, sacudiu, virou para o pai e falou: "não acabou, papai, eu estou ouvindo o barulho."

***********************************************************************************

Julia já tinha brincado bastante e parecia cansada. Eu já tinha perguntado se ela queria tirar uma soneca, mas ela disse que não. Depois de algum tempo, ela deitou um pouco no sofá. Eu fiquei toda animada, achando que ela ía cochilar e perguntei bem baixinho: "você está cansada, meu amor, vai dormir um pouquinho?"

Na mesma hora ela respondeu: "não, eu estou só relaxando."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mostra de Dança - Julia no ballet!

Esse fim de semana foi todo ocupado com a Mostra de Dança da escola da Julia. Foram dois dias de espetáculo, cada dia com duas apresentações de ballet, jazz e hip-hop. Minha pequena bailarina arrasou (sorry, vocês já sabem que sou coruja mesmo!) e participou das quatro apresentações com todo empenho e felicidade apesar do cansaço, uma verdadeira artista!

O espetáculo foi muito bonito, planejado com carinho mas, como envolvia crianças pequenas (de 3 a 12 anos se não me engano), alguns imprevistos aconteceram: criança que escorregou no palco, criança que não quis dançar, criança implicando com a outra no palco, criança que resolveu fazer gracinha no palco......... eu achei super engraçado porque tudo fez parte da espontaneidade delas!

Mas a Julia estava super concentrada, levando à sério mesmo. Ela adorou porque usou maquiagem e incorporou a bailarina profissional. Vibrei, me emocionei e fiquei cheia de orgulho da minha pequena.


A filmagem não está boa, foi feita da máquina fotográfica, mas dá pra ter uma idéia da razão do meu orgulho! Ela é a do meio, que está bem à frente.

O lado ruim do festival foi a briga entre mães por lugares na frente do palco. Lamentável o bate boca que presenciamos. Tem gente que realmente se acha superior aos outros e quer levar vantagem em tudo.........

Mas o saldo final foi muito positivo, cheguei em casa super cansada mas mega feliz! Ano que vem tem mais, se Deus quiser!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Alguém tem óleo de peroba aí?

É para lustrar a 'carinha de pau' que tenho aqui em casa! Julia estava brincando com uma escultura de gesso que ela pintou na pracinha. Brincadeira vai, brincadeira vem, a escultura caiu no chão e quebrou um pedacinho da base.

Ela viu que quebrou, comentou comigo e continuou brincando. Um tempo depois eu comecei a ouvir um barulho ritmado e fui ver o que ela estava fazendo. Ela estava batendo na escultura com o próprio pedaço que havia quebrado e se divertindo com o pó de gesso que caía no sofá..........

Imagem retirada de: idadecerta.com.br


Eu falei pra ela não fazer isso, que estava sujando o sofá, mas ela continuou. Eu então falei assim, dando a entender que ela iria limpar depois: "você está fazendo lambança, né? Quem vai limpar isso depois?" Ela então não titubeou e respondeu na lata, com toda a carinha de pau que Deus deu pra ela: "você, mamãe!"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Inventando com a mamãe: Sorteio Kit Refeição da Baby Boo

Inventando com a mamãe: Sorteio Kit Refeição da Baby Boo: Final do ano chegando, época de presentar os amigos queridos. Verão chegando, época de incentivar, mais ainda, as crianças a comerem muitas...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Seja um Papai Noel dos Correios!

Semana passada, no meio da minha correria habitual, tive a oportunidade de passar numa Agência dos Correios e finalmente participar da campanha Papai Noel dos Correios. Isso era algo que eu queria fazer há tempos mas acabava não passando nas agências....

Mas esse ano me comprometi seriamente a participar, afinal, foi um ano de muitas coisas boas e acho que nada melhor do que compartilhar nossa felicidade, né? 

No site dos Correios tem um pouco da história da campanha:

Papai Noel dos Correios 2011

O Papai Noel dos Correios é uma das principais campanhas natalinas de inclusão social do País. Realizada há 22 anos, representa o resultado da solidariedade brasileira.

Desde 2010, a Campanha Papai Noel dos Correios foi vinculada a um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Educação básica de qualidade para todos”. Dessa forma, na maioria dos Estados, além das cartinhas oriundas de crianças da sociedade, são recebidas cartinhas de crianças de escolas, abrigos, creches e núcleos sócio-educativos. Desenvolver a habilidade da redação de carta, de como endereçar, do uso do CEP e do selo postal são ações trabalhadas com as crianças. Mas se informe, pois, em alguns Estados, serão atendidas apenas as cartas remetidas pelas escolas e instituições citadas.

Para quem se interessou em participar, é facílimo: procure uma agência dos correios que esteja com as cartinhas (em Fortaleza estão na Agência Central e na Aldeota) e escolha uma cartinha. Seus dados serão anotados e você tem até o dia 05 de dezembro para entregar o presente na agência onde retirou a cartinha, já embalado e com a etiqueta que vem na carta afixada no pacote para que não haja problemas na identificação da criança (é super organizado!).
Imagem retirada de: ptcuritiba.org.br

As crianças em geral escolhem coisas simples e você pode escolher sua cartinha livremente, de acordo com sua condição de presentear. Eu escolhi a cartinha de um menino de 10 anos que pediu uma bola. Ele quer ser jogador de futebol para ajudar a família e está estudando (a idade regula com a série que cursa) e vem de uma comunidade muito pobre aqui da cidade. Tomara que ele fique feliz!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 19 de novembro de 2011

Bater em Criança é Covardia!

Hoje, 19 de novembro, é o dia mundial de prevenção da violência contra crianças e adolescentes. E sim, uma palmadinha dói, no corpo e na alma dos nossos filhos. 

Imagem retirada de: http://leisecacontraapalmada.blogspot.com/

Todo dia eu faço uma promessa a mim mesma de não bater e tenho procurado não gritar também. É um dia de cada vez procurando manter a calma. Até agora eu tenho conseguido e você?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O Bicho Papão, a música e uma língua muito estranha.....

Outro dia, Julia estava assistindo um desenho animado que falava no bicho papão. Eu estava ocupada e só escutava o diálogo dos personagens e pensava que provavelmente Julia não fazia a menor idéia de quem era o tal bicho papão porque nós nunca falamos nele (aqui em casa os maiores vilões são o lobo mau e a bruxa malvada). Mas, eu estava enganada. E descobri isso graças à criatividade sem fim da Julia. Ela está numa fase de fantasiar muito: inventa histórias, personagens, músicas, línguas............

Línguas? Sim, línguas. Vez por outra ela começa a cantar numa língua estranha que só ela entende (ou não!) e que eu jamais ouso nem tentar repetir. Ela vai inventando palavras (e noto que algumas se repetem na música) e formando a melodia e ainda dança enquanto canta, uma verdadeira artista!

Imagem retirada de: brugueloonline.blogspot.com
Voltando ao bicho papão: já de noite, no mesmo dia do desenho animado, nós estávamos voltando pra casa e ela começou a cantar no carro. Misturava palavras em português e na língua esquisita dela. Aqui eu peço licença para fazer um pausa e falar [mode mãe coruja on]: ela falava o português lindamente, como se fosse uma descendente direta de Camões: "o bicho vai comê-lo", "ele vai pegá-lo" e por aí vai [mode mãe coruja off]. Aí, lá pelas tantas, ela solta: "...o bicho BABÃO vai te pegar....." 

Não, o bicho aqui em casa não come criancinhas, mas é bem nojentinho!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Papai Noel

Domingo levei a Julia para o programa típico desta época do ano: ir ao shopping passear e tirar foto com o Papai Noel. Ela curtiu muito a idéia, ficou impaciente para ir logo porque disse que estava demorando muito e fez questão de se arrumar bem perua linda, cheia de pulseiras e colares e anéis para conversar como bom velhinho.

Com o Papai Noel: ela já tinha tirado as pulseiras, anéis e colares porque atrapalham a brincadeira.

Assim que chegou na frente do Papai Noel, a primeira coisa que ela fez, antes de pedir presente ou dizer que foi uma menina obediente esse ano, foi estender as mãos para ele e falar: "olha minhas unhas!"

Depois que o Papai Noel viu as unhas dela e disse que estavam muito bonitas, ela então pediu o presente: "uma bicicleta rosa, das princesas com cestinha e rodinhas." O "papai noel" daqui de casa que trabalhe muuuuuuuito para o presente caber no saco.......
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Tudo é uma questão de interesse

Julia já sabe bem o que a interessa e luta por isso. Por exemplo, ela adora ficar brincando na escola depois da aula com os amiguinhos e é difícil convencê-la a ir embora cedo. Outra coisa que ela adora é apostar corrida. Quando por algum motivo Claudio e eu estamos em carros separados, sempre "apostamos corrida" na volta pra casa e, claro, ganha quem está com ela no carro. 

Imagem retirada de:
colorirdesenhos.com

Ontem, eu fui buscá-la na escola e estava cansada e com um cisco no olho incomodando demais. Eu sabia que Claudio já estava a caminho de casa porque ele tinha me ligado. Então, assim que cheguei na escola, disse à Julia que a gente devia ir pra casa "rápido como um foguete" porque o papai também estava indo e aí nós ganharíamos a corrida. Ela estava doida pra brincar, porque essa semana inteira nós temos ido cedo pra casa. Ela então, parou, pensou um pouco e disse assim: "vamos deixar ele chegar primeiro dessa vez, tá?"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

"Foi o máximo!!!"

Julia está super engraçada, cheia de expressões na fala, com um vocabulário muito vasto. Além disso, ela gesticula muito e faz muita mímica facial, quase uma atriz!



Sábado nós fomos para o aniversário do irmãozinho de um amigo dela da escola. O aniversário foi muito bom e Julia curtiu demais. Não parou um minuto: corria, brincava, comia pipoca, algodão doce. Só passou na mesa pra me dar os sapatos (logo no comecinho da festa....) e depois pra me dar um pouquinho do algodão doce dela (já sabe que eu sou formiga!). Quase me mata de vergonha porque chegou perto do bolo com uma amiguinha e, não se contentando em ver, meteu o dedo no glacê da cobertura e lambeu, ainda bem que ninguém viu!

Por sinal, é muito bom ir pra aniversário e poder sentar com os adultos e conversar! Até pouco tempo ela não me deixava sentar um minuto mas agora nem me quer por perto.

Depois de toda a brincadeira, ainda foi difícil trazê-la para casa, fomos das últimas a sair do buffet. No carro, a caminho de casa, eu perguntei: "Julia, você gostou do aniversário do Pedrinho?" Ela me respondeu com um sonoro: "foi o MÁXIMO!". Eu aguento?????
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O dia que minha mãe não me reconheceu

Já falei aqui que a mamãe tem Alzheimer. Não é nada fácil lidar com isso, principalmente porque eu não aceito, acho uma grande injustiça da vida com ela, comigo, com meu irmão..... Além disso, tem as dificuldades naturais da doença e tem horas que tenho vontade de correr pra longe de tudo isso.

Muitas pessoas a mamãe já não conhece. Na verdade, ela só conhece as pessoas do dia-a-dia dela. Muitas vezes eu chegava na casa dela e ela trocava meu nome, me chamava pelo nome de uma das irmãs dela. Outras vezes, me chamava de mamãe. Mas no fundo acho que ela sabia sim quem eu era, só não conseguia se expressar.

Ontem, estive lá durante a tarde. Eu fiquei na varanda conversando com minhas tias e a mamãe estava lá, sentada ao meu lado o tempo todo. Aí me levantei e fui até o quarto porque a Julia estava me chamando. Ela foi também e a cuidadora dela perguntou, na minha frente, se ela tinha gostado porque a filha dela estava lá. Ela disse que eu não estava, que não tinha me visto. Eu então perguntei a ela "e quem sou eu?" Ela olhou pra mim e disse: "não sei."

Imagem retirada de: bbel.uol.com.br


Aquilo me doeu no coração. Porque antes ela ou dizia meu nome ou dizia que eu era filha dela ou que era mãe dela. Mas agora ela simplesmente disse que não sabe quem eu sou.... Minha tia comentou que ela reclamou que fazia muito tempo que não me via. Minha tia, sabendo que a semana passada inteira eu fui almoçar com ela, disse: "mas ela não veio almoçar com você na semana passada, todos os dias?" Ela afirmou que não, que eu não tinha ido lá. Me dói muito saber que eu vou lá e ela não sabe quem eu sou. Até acho que ela sabe que sou alguém que tem uma relação especial com ela, mas vejo que isso tem ficado cada dia menos claro na mente dela. Eu falo com ela quando chego e ela fica apática, mas as cuidadoras sempre falam que quando eu chego ela fica mais calma. Muito triste ver minha mãe assim...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Celebrando a vida - a alegria do nascimento!

Ontem a Minha Casinha Feliz estava em festa, foi dia de celebrar a vida: nasceu mais um amado sobrinho, o Otavio, filho da minha prima-irmã Margaret.

Otavio foi ansiosamente esperado, com direito a contagem regressiva no Facebook feita pelas tias ansiosas e que dariam tudo pra estarem presentes nesse momento. Infelizmente, as tias tiveram que se contentar em acompanhar de longe, pois Otavio já nasceu cabra macho, mas cabra macho canadense.

Mas, a tecnologia do século XXI é essa coisa fantástica que nos torna próximos mesmo distantes, que nos torna presentes mesmo que de forma virtual. E graças à essa tecnologia, ficamos sabendo na hora o peso do Otavio, que nasceu super bem e logo em seguida vimos as primeiras fotos desse meninão tão esperado.



Das fotos divulgadas ontem mesmo, a que mais gostei foi justamente essa de cima. Pra mim, mostra a leoa-recém-parida-defendendo-a-cria! É a maternidade instintiva nos olhos da Margaret. É o amor incondicional e incomensurável de mãe pra filho.

Ety, o nascimento do Otavio me encheu de alegria (e foi difícil segurar o choro pra não pagar mico no trabalho!) e tenho certeza que ele será motivo de muitas alegrias pra vocês. Sei que a casa está muito mais alegre com a chegada dele e quero dizer que, quando eu crescer, eu quero ser igual a você: corajosa e destemida, pois ter um bebê depois de 10 anos em um país estranho não é pra qualquer uma. Qualquer dia apareço por aí pra cheirar, beijar, ver, pegar, apertar o Otavio, como fiz com a Carol quando bebê. Que Deus abençoe seus filhos lindos!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Tal mãe, tal filha!

Já comentei aqui que o MMqD fez um sorteio maravilhoso no Dia das Crianças de 20 pares de sapatilhas da Tip Toey Joey e que nós (Julia e eu) fomos felizes ganhadoras. Mas ainda não tinha mostrado o prêmio que recebemos no final da semana passada!




Não ficamos lindas? Julia achou a maior curtição ter uma sapatilha igual à minha! Tá se achando "gente grande."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...