quarta-feira, 28 de novembro de 2012

A Cartinha para o Papai Noel

Eu já sabia o que a Julia queria ganhar de Papai Noel: um patinete. Ela queria, eu não! Primeiro que ela tem uma bicicleta que ganhou no Natal passado e anda pouco (pra andar precisamos levar para a pracinha) e segundo que eu tenho medo de patinete na idade dela, medo dela se machucar, e terceiro porque acho um negócio muito do sem futuro.

Mas sempre, sempre que eu perguntava, ela dizia que queria um patinete. Aí ela assistiu o filme da Barbie a Princesa e a Popstar e adorou e, naturalmente, depois de ser bombardeada por comerciais em canais infantis, começou a pedir as bonecas do filme (são duas: a princesa e a popstar). Eu então comecei a dizer que achava que ela deveria pedir as bonecas ao Papai Noel. Depois de dizer algumas vezes em ocasiões bem distintas, na segunda-feira, enquanto almoçávamos, eu disse a ela que já era tempo de fazer a cartinha para o Papai Noel pedindo o presente.

Ela mais uma vez disse que queria o patinete mas eu disse que ano passado o Papai Noel já havia dado um presente grande (bicicleta) e que era melhor ela pedir um pequeno pra dar chance do Papai Noel trazer um presente grande pra outra criança senão não caberia no trenó. Na verdade, a minha insistência nas bonecas é porque estamos indo para os EUA essa semana e lá cada boneca custa U$26,90 (aqui eu vi por R$120,00) então queria aproveitar a oportunidade. Mas a Julia, que não é besta, disse que queria a boneca da princesa, a boneca da popstar, a carruagem e o castelo. Me lasquei, né? Mas já disse a ela que peça os outros ítens à avó e aos tios.

Voltando à cartinha, no fim da tarde fomos escrevê-la. Primeiro disse a ela que escrevesse do jeito que ela achasse certo. Eu só ditei o texto. E saiu assim:

Papai Noel, eu queria ganhar a Barbie a Princesa e a Popstar. Julia



Depois, eu escrevi o mesmo texto, da forma correta, em outra página e pedi pra ela ler. Ela leu e depois em uma nova página, reescreveu a cartinha, sem olhar meu modelo. Dessa vez eu ajudei em algumas palavras, destacando as sílabas na hora de falar. E saiu assim:



Achei tão bonitinho! E acho que está bom. O importante é melhorar sempre, né? Sem cobranças!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

Myriam Scotti disse...

Syl, adorei a tática de fazê-la mudar a escolha do presente!! Sensacional!! Hahahahahahaha..eu também não gostaria ver o Dan se esborrachando no chão com um patinete!! A vantagem das meninas é que são muitas as opções de presente, né?! Já meninos...quando querem algo, dificilmente a gente consegue mudar! Ainda bem que só vou passar por isso daqui uns 2 anos...e você faz muito bem em deixar para comprar os presentes nos E.U.A!! É uma diferença grotesca!!! A Toys R Us é maravilhosa!! Uma loja legal de visitar também é a Party City pra trazer itens de festa de aniversário. Tem todos os temas que vc possa imaginar!! E se queiserem se deliciar com uma massa maravilhosa, vão ao Olive Garden! E para comer o melhor cheesecake da sua vida: Cheesecake Factory!!
Estarei lá no fim do ano também!! Estou contando os dias!!!

Larissa Andrade disse...

Olá Syl!
Sou Larissa e recente criei meu blog. De vez em quando, estarei por aqui rsrs
Muito fofa a carta que sua filha fez com o pedido ao papai noel! Por aqui, a minha dizia que queria um "presente bem grande" (aí temos que advinhar rsrs), mas esses dias, ela resolveu pedir um peixinho ou a galinha pintadinha. Vamos ver o que o papai noel trará pra ela.
Abçs,

Larissa Andrade.

Ficarei feliz com sua visita no meu:
maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

Raquel disse...

Oi Syl, tudo bem? Os pais tem que ter jogo de cintura nessa hora para tentar 'convencer' os filhos a querer ganhar outro presente. Acho lindo toda essa fantasia e magia em torno do Natal e escrever cartinha pro Papai Noel. bjo

Dani Rabelo disse...

ah que fofaaaaaaaaa!!!!

que menininha mais espertinha, não?!?!?! hahahahaha se for pra trocar o presente, então quero logo é o completo! hahaha é isso mesmo, ela está certa!!!

estou pensando em ir para a disney em outubro deste ano com a minha pequena (ela terá 2 anos e 10 meses), será que é muito puxado??

beijos!