sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A Lenda, a emoção, a mãe coruja e a filha também!

O título desse post parece o samba do crioulo doido, eu sei. Mas me explico: ele é sobre o festival de dança da Julia.

Não foi um festival qualquer, foi um musical, A Lenda, baseado na história da Pocahontas. E foi lindo, foi emocionante, foi estupendo!!!!!!

Mas pra falar do musical, tenho que voltar um pouco no tempo, pra abordar todos os aspectos que me fazem ficar hoje com saudades e já esperando ansiosamente pelo próximo. E aí começamos em fevereiro desse ano, quando fui matricular a Julia no ballet: ano passado ela fazia na escola mas como mudou de escola esse ano, tive que procurar outro local pra ela fazer.

Então, perto de casa, encontrei o Núcleo de Dança Xênia Skeff e lá matriculei a Julia na turminha de iniciação à dança e no baby sapateado. Eu só não imaginava que seria tão bom! Nós fomos muito bem recebidas e acolhidas e tanto ela como eu fomos formando amizades, apesar da minha timidez. Eu ainda me animei e entrei no jazz e no sapateado. Quando as nossas aulas terminavam, nós sempre ficávamos pelo menos mais uma hora, ela brincando e eu conversando. E eu comecei a observar que as alunas lá se sentiam muito bem, eram de fato uma família. E comecei a observar que as maiores (ou "as grandes", como a Julia costuma chamar) também se interessam pelas pequenas e vibram com elas. Julia começou a fazer amizade com meninas de todas as idades e isso não era exclusividade dela, mas acontecia com todas as pequenas. 

A Xênia é um caso a parte. Tem um amor enorme pelo que faz, se dedica de corpo e alma. Ela conhece cada aluna, cada mãe, cada pai, cada irmão. Conhece até o Artur, primo da Julia, pelo nome. Inacreditável, né? E olha que o Artur não é o único primo que não faz parte do núcleo que ela conhece! É uma pessoa carismática e que cativa a todos. E mães e alunas vestem mesmo a camisa do núcleo e tem orgulho de fazer parte!

Então, agora no segundo semestre, começaram os ensaios. E com a proximidade da data do festival eles foram se intensificando, foram além dos horários das aulas, chegaram até a fins de semana e feriados. E eu adorei!!!! Ver todas ensaiando ía dando uma expectativa muito boa e ía me fazendo sentir ainda mais parte de tudo aquilo. Foi cansativo (principalmente pra quem dançou, né?) mas foi gratificante!


No primeiro dia, fiquei com a Julia nos bastidores. Primeiro que era o primeiro grande espetáculo dela (a mostra de dança do ano passado foi muito mais simples, nem se compara) e segundo que ela tinha que trocar de roupa rapidamente e eu precisava ajudar. Sim, trocar de roupa, porque apesar de só ter 4 anos, ela dançou dois números! Deu pra sentir o orgulho????

Nos bastidores tivemos um telão pra assistir, mas não é a mesma coisa de estar na platéia, né? Então considero que nem vi nada no primeiro dia (até porque eu não conseguia identificar ninguém pelo telão). Mas no segundo dia, duas grandes amigas que fiz dançando e mães de amigas da Julia me tranquilizaram pois estariam com duas funcionárias delas nos bastidores que poderiam fazer a troca de roupa da Julia. Como dizia minha mãe, "quem tem amigo não morre pagão." Eu fui então cheia de espectativa pra platéia para assistir e me emocionei muito! O espetáculo foi super bem produzido e as bailarinas se esmeraram! Deram um show mesmo. Não foi só a minha não, foram todas. E quem acompanhou os ensaios e viu as dificuldades sendo superadas ficou maravilhado com o desempenho delas.

Em relação à Julia, não preciso nem dizer que ela arrasou, né? Era lontra e coruja e fez bem direitinho. Claudio e eu inclusive ficamos impressionados porque na coreografia das corujas, o sapato dela desamarrou e ela continuou dançando. Nas aulas de sapateado, quando o sapato desamarra ela fica com raiva, só quer os cadarços muito apertados. Mas no palco ela deu um show, não deixando de dançar apesar do imprevisto dos cadarços. Compromisso com o que faz é também algo que ela está aprendendo com a dança!

Agora estamos com saudades do Musical! Ficaram muitas coisas boas entre ensinamentos e amizades. E em 2013, se Deus quiser, estaremos mais uma vez participando do Musical da família Xênia Skeff!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Myriam Scotti disse...

Deve ter sido uma emoção só ver a filhota se apresentar! Dan só deve começar a ter apresentações ano que vem. Lá vou derramar lágrimas e lágrimas! Rsrsrsrsrsrsrsrs
Beijos e bom fim de semana!!