segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Disney com criança!

Sumi, desapareci esses dias depois da grande notícia mas foi porque eu estava passando muito mal, muita náusea. Não conseguia nem olhar as fotos da viagem, nem falar sobre ela (tem gente que abusa o marido, eu abusei a Disney!). Mas agora estou melhorando e acho que vou conseguir contar um pouco como foi a viagem

É mágico! Nós adultos nos encantamos, as crianças ficam em êxtase! Já me perguntaram várias vezes se não era muito cedo pra levar a Julia, afinal ela só tem 4 anos. Eu achava que não, agora eu tenho certeza. Julia, como toda menina dessa idade, vive a magia das princesas, príncipes e fadas. E onde essa magia vira realidade? Na Disney!

Eu fui com 12 anos de idade, mas no meu tempo era a viagem da vida. Lembro que eu passei uns 5 anos aguardando ansiosamente a viagem porque a mamãe prometeu nos levar, mas não queria que fóssemos muito novos porque senão depois a gente não se lembraria. Ela tinha razão, se tívéssemos ido muito pequenos talvez a gente não lembrasse mesmo. Mas hoje em dia ir pra Disney está muito mais fácil e muito mais barato então tenho toda a convicção de que a Julia foi na época certa. O encantamento que ela viveu não tem preço e não seria a mesma coisa se ela estivesse com 8, 10 ou 12 anos. Ela acredita piamente que conheceu as princesas de verdade. Precisa de mais algum argumento? Além disso, com câmeras digitais, as milhares de fotos e filmagens não vão permitir que a Disney seja esquecida por aqui.

As dicas que dou e que valem para todos os parques são: leve sempre uma muda de roupa, muitos brinquedos molham. Se tiver em casa um carrinho de bebê tipo guardachuva leve, as crianças não aguentam andar tanto pelos parques. É comum vermos crianças maiores em carrinhos. Além disso, deixávamos a mochila com agasalhos e lanches no carrinho enquanto estávamos nas atrações. Nos parques tem carrinhos para alugar, mas o aluguel é algo em torno de U$12,00 por dia. Se você não tiver o carrinho em casa, compre um assim que chegar lá. Meu irmão comprou pra minha sobrinha por U$18,00 no Wal-Mart. O carrinho tipo guardachuva teoricamente não aguentaria minha sobrinha que tem 6 anos e é grande. O peso dela excedia o do carrinho mas ele aguentou super bem a viagem inteira. Aliás, uma passada no Wal-Mart no primeiro dia de viagem é ítem de primeira necessidade. Lá compramos também nosso café da manhã e garrafinhas de água mineral pra tomarmos nos parques (sai muito mais barato). Como fomos no fim do outono, as temperaturas não estavam tão altas e dava pra tomar a água natural mesmo. Compramos também lanchinhos apesar de não termos passado imunes às pipocas e picolés do Mickey.

Também é importante uma identificação das crianças. Meus sobrinhos usaram pulseirinhas plásticas tipo de maternidade com informações como nome completo, nome do responsável, hotel em que estávamos hospedados e telefone para contato. Como a Julia não gosta de pulseiras (depois de 5 minutos ela pede pra tirar) eu mandei fazer uma "tatuagem temporária" onde coloquei o nome dela, o meu nome, meu telefone celular (habilitei o roaming internacional) e meu email. Vi algumas crianças perdidas por lá e não é nada agradável, principalmente se a criança não falar a língua. Reforçamos com eles várias vezes que caso se perdessem, mostrassem a tatuagem (ou a pulseirinha) a um adulto, mas graças à Deus não foi necessário.


Chegando aos parques, fotografe a placa de identificação da área do estacionamento onde você está senão você não encontra mais o carro. Sabe quando você perde o carro no estacionamento do shopping? É daquele jeito, só que pior até porque no shopping você tem pelo menos a referência de por qual loja entrou e nos parques não.

De resto, é uma roupa confortável, tênis e muita, mas muita disposição!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

Myriam Scotti disse...

Se para o Dan que só tem 2 anos já foi uma festa, imagino pra Julia!!! Ver os olhinhos deles brilhando é lindo, né?! Para nós só não foi melhor por causa da super lotação da época de Natal. De resto foi lindo! Beijos!!

Larissa Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Larissa Andrade disse...

Olá Syl!
Muito boas as dicas...a da tatuagem temporária então, gostei muito!
Acredito que com tantos recursos q temos hoje em dia, realmente fica mais fácil para lembrar!
Beijos,
Larissa Andrade.

http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/