quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Obrigada, mãe!


Obrigada mãe, por seu amor incondicional.
Obrigada mãe, por sua paciência infinita.
Obrigada mãe, por sua disciplina na hora certa.
Obrigada mãe, por estabelecer limites.
Obrigada mãe, pelo colo quando precisamos.
Obrigada mãe, pela vitamina trazida na cama todos os dias de manhã.
Obrigada mãe, por nos ceder sua cama de madrugada quando acordávamos assustados.
Obrigada, mãe, por incentivar nossos estudos.
Obrigada mãe, pelos valores que você nos passou.
Obrigada mãe, pelas noites acordadas nos esperando chegar em casa.
Obrigada mãe, por ter disposição de receber todos os nossos amigos de braços abertos e guloseimas na mesa, mesmo que a casa ficasse uma bagunça.
Obrigada mãe, por entender nossas limitações e nos ajudar a superá-las.
Obrigada mãe, por nos proporcionar um lar de verdade, mesmo na ausência do nosso pai.
Obrigada mãe, por nos ensinar a ser fortes diante da vida.


Minha mãe foi ao encontro do Pai na noite do dia 19 de janeiro. Descansou, se libertou de uma doença horrorosa que aprisionava seu espírito lindo e puro em um corpo já sem vida e em uma mente vazia. Sei que ela agora está no céu, reencontrando com meu pai e que lá de cima eles vão continuar nos abençoando. Aqui ficamos com a saudade de quem começamos a nos despedir há muito tempo, um pouquinho a cada dia...

Espero sinceramente que a cura para o Alzheimer seja descoberta em breve, para que outras famílias não passem por essa dor de se despedir em vida de seus entes queridos e de vê-los aprisionados assim a uma vida que não é vida.

Mãe, a gente ainda vai se reencontrar e aí não haverá mais dor, só alegria. Te amo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Myriam Scotti disse...

Meus sentimentos, Syl!! Vi um tio morrer da mesma doença e é triste demais!! Que a cura seja logo encontrada...