sábado, 10 de outubro de 2015

O Poder Avassalador do Exemplo

Alice, desde os dois anos e dois meses, começou a usar as palavrinhas mágicas: por favor, obrigada, com licença.

Não, eu não ensinava ativamente, mas todos nós (Claudio, Julia e eu) ensinávamos dando o exemplo. 

Me maravilhei quando vi aquele pingo de gente dizendo "pu afor" a primeira vez! Claro que, agora que vejo que ela entendeu a importância, reforço ativamente o uso e também incentivo o uso de bom dia, boa tarde e boa noite.

Não, não é sempre que ela usa as palavrinhas, também não é sempre que ela responde qual é o nome dela. Ela ainda é um bebê. Mas esse hábito é construído aos pouquinhos mesmo e o exemplo é a melhor forma de incentivar. 

Muito orgulho do meu pingo de gente!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: